Luto

mundo

Professor e apresentador Jorge Portugal morre aos 63 anos

Ex-secretário estadual da cultura da Bahia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Morreu na noite desta segunda-feira (3), aos 63 anos, o professor e apresentador Jorge Portugal. O ex-secretário de cultura da Bahia foi internado na manhã de hoje na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador, em ‘estado crítico’.

De acordo com o boletim do HGRS, Jorge Portugal veio a óbito de falência cardíaca aguda por volta das 20h15 (horário de Brasília).

Natural de Santo Amaro, o professor compôs canções conhecidas pelo grande público como ‘A Massa’, com Raimundo Sodré, e ‘Só se Vê na Bahia’, com Roberto Mendes.

Jorge Portugal era professor, poeta e foi apresentador do programa ‘Aprovado’ veiculado na Rede Bahia. Além disso, ele era parceiro do portal iBahia no projeto ‘Quero Ser Aprovado’.

O governador do estado da Bahia, Rui Costa, decretou luto no estado nesta terça-feira (4) após a morte de Jorge Portugal.

“Imensamente entristecidos, lamentamos a morte do ex-secretário de Cultura do Estado Jorge Portugal. Educador, poeta, compositor, Jorge era um homem de múltiplos talentos, exercidos com a energia e a simpatia que inspirava todos à sua volta. Era, antes de tudo, um homem apaixonado pela Bahia e pelo seu povo que estiveram sempre no centro do seu trabalho, fosse como administrador público, professor e artista. Como diz um dos seus versos: ‘Uma nação diferente, toda prosa e poesia, tudo isso finalmente, só se vê, só se vê na Bahia’. Nossos sentimentos para seus amigos e familiares por essa grande perda”, disse o governador.

O prefeito ACM Neto também lamentou a morte de Jorge Portugal.  “A Bahia e o Brasil perderam um grande mestre da língua portuguesa, responsável pela formação de milhares de estudantes, a quem generosamente ele entregava os seus conhecimentos para que conseguissem passar no vestibular e entrar na faculdade”, disse o prefeito.

“É um dia triste para a Bahia e para todo o povo de Santo Amaro, cidade onde nasceu. Jorge Portugal, além de um grande professor da nossa língua, foi também um grande compositor, autor de canções que marcaram a música popular brasileira. Quero manifestar a minha solidariedade aos seus familiares e amigos”, acrescentou ACM Neto.