POLÍTICA

mundo

Justiça determina prisão de ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Justiça determinou a prisão preventiva do ex-ministro da Educação do governo Bolsonaro, Milton Ribeiro. Nesta quarta-feira (22), a Polícia Federal deflagrou a operação para cumprir o mandado de prisão.

O ex-ministro da Educação e pastores são suspeitos de montar um gabinete paralelo para liberação de verbas dentro do MEC. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Ribeiro e ao menos um dos pastores, Gilmar Santos, já foram presos.

A PF investiga Ribeiro por suposto favorecimento aos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura e a atuação informal desses dois últimos na liberação de recursos do ministério. Há suspeita de cobrança de propina.