Meio Ambiente

mundo

Ibama solicita embarcação à Marinha para vistoriar margens Rio São Francisco

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Reprodução / RedeNetBrasil

O Ibama, em Alagoas, solicitou à Marinha do Brasil uma embarcação para vistoriar as margens do Rio São Francisco em busca de manchas de petróleo semelhantes às que foram encontradas em 132 localidades no Litoral da Região Nordeste.

A informação foi confirmada ao TNH1 pelo coordenador de Emergência Ambiental do órgão em Alagoas, Roberto Wagner Dantas. Ele disse que ainda não há previsão para a vistoria ocorrer, uma vez que o órgão ambiental ainda aguarda a resposta da solicitação feita à Marinha.

No final de semana, manchas de óleo foram registradas na foz do Rio São Francisco, em Piaçabuçu, no Litoral Sul de Alagoas, e não se sabe ainda se a substância avançou sobre o rio.

Ontem, a analista ambiental do Ibama, Cynira França, disse não acreditar que as manchas possam entrar no sentido contrário do rio, mas ressaltou que era preciso criar uma espécie de barreira para conter o óleo e definir uma estratégia em relação à chegada da substância às águas do São Francisco.

Até o momento, 61 municípios, nos nove estados do Nordeste, foram atingidos pelas manchas de óleo. Ao todo, são 132 localidades onde houve registro do desastre ambiental.

Em Alagoas, são 14 pontos de praias em nove municípios. Em todo o litoral alagoano, só não há registros oficiais em Maragogi, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Jequiá da Praia e Feliz Deserto.