Política

mundo

Vereador Cacau Correia foi autor de projeto de indicação que substituiu casas de taipas por alvenaria em Delmiro Gouveia

Prova disso são as várias indicações de sua iniciativa visando construções de casas de alvenarias em substituições as casas de taipas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O vereador Cacau Correia sempre foi o vereador atuante e preocupado com a qualidade de vida da população de Delmiro Gouveia. A prova disso são as várias indicações de sua iniciativa visando construções de casas de alvenarias em substituições as casas de taipas.

Para tanto, o parlamentar que sempre defendeu a celeridade na ação, enquanto secretário de saúde, esteve na FUNASA e conseguiu a liberação dos recursos e assim foram construídas, à época, 32 (trinta e duas) casas localizadas em São Sebastião, São José, Lagoa dos Patos, Cruz, Rabeca, Salgado e Caraíbas do Lino.

Veja uma das indicações de sua autoria a de número 005/2010:

O Vereador que subscreve a presente, observando as disposições regimentais, vem à presença dos Nobres Colegas solicitando ao Prefeito Luiz Carlos Costa, providências junto a Fundação Nacional de Saúde, no sentido de incluir os Povoados Lagoa dos Patos, Caraíbas do Lino, Jardim Cordeiro, Gangorra, Porto da Barra e São Sebastião, no programa de melhoria habitacional no combate à doença de chagas.

Requeremos ainda que, cópias desta seja enviada a Deputada Estadual, Cáthia Lisboa Freitas, legítima representante do povo sertanejo delmirense, ao Senador José Renan Vasconcelos Calheiros, para que possa envidar esforço com o intuito de buscar soluções para este problema.

Estas comunidades somam mais de 100 (cem) casas de taipas. Com o surgimento de novas moradias neste perfil, estará sendo dada oportunidades de novos habitat para o barbeiro, inseto transmissor da malfazeja doença de Chagas. Como neste projeto, do Governo Federal, prevê a construção de casas de alvenaria para as populações pobres, isto, com certeza evitará o surgimento de novas casas de taipas, o que além de combater a doença, ainda se converte num projeto habitacional, amenizando assim o déficit de moradia.