BAHIA

mundo

Novas soluções financeiras são lançadas para a agricultura familiar baiana

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

As organizações produtivas da agricultura familiar da Bahia agora contam com novas soluções financeiras, lançadas, nesta quarta-feira (13), durante workshop realizado em Feira de Santana. Entre as soluções apresentadas estão: capital de giro, antecipação de recebíveis, emissão e gestão de boletos bancários, entre outros, e atenderão associações e cooperativas apoiadas pelo projeto do Governo do Estado, Bahia Produtiva.

Uma das linhas apresentadas foi o Coopergiro, que atenderá as cooperativas de produção para custear os processos de beneficiamento de produção como aquisição de matéria prima, adiantamento para os cooperados, estocagem, etc. A taxa de juros será de 1,5% ao mês, com prazo de 12 meses, com até 03 meses de carência.

A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), está destinando R$ 1,5 milhão para apoiar a implementação do Coopergiro, para que este possa chegar às cooperativas.
O evento é uma iniciativa da SDR/CAR, em parceria com a Associação das Cooperativas de Apoio à Economia Familiar (Ascoob/Cresol) e o Conselho Gestor do Fundo Rotativo (Cogefur) e conta com o apoio do Instituto Conexões Sustentáveis (Conexus).

De acordo com o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, a iniciativa partiu das próprias cooperativas, que têm dificuldade com capital de giro: “As cooperativas e associações necessitam desses recursos para crescerem e ao se fortalecerem, precisam estar mais presentes no mercado e, pra isso, o capital de giro é essencial. Para ajudar nesse processo, intensificamos as discussões, afinamos os instrumentos e estamos aqui hoje para apresentar e celebrar o resultado desse trabalho feito a muitas mãos e formalizar esses instrumentos que vão ajudar no desenvolvimento dessas organizações produtivas”.

A representante da Ascoob/Cresol, Tamires Ferreira, falou sobre a parceria: “Estamos felizes de estar aqui podendo trazer essas soluções financeiras para as cooperativas de produção. O cooperativismo de crédito tem a missão de levar o desenvolvimento sustentável e a geração de renda para as comunidades. Estamos aqui pra isso, pra fazer com que as estruturas rodem e levem o que a gente almeja para agricultores, que é a renda”.

Para a representante da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), Hilda Mercês, o sentimento é de gratidão: Estamos celebrando esse serviço que vai beneficiar diretamente os agricultores. É mais um avanço, uma conquista do cooperativismo da Bahia.  Esse novo recurso vai facilitar a vida dos nossos trabalhadores rurais e é mais um apoio da SDR/CAR para o desenvolvimento da agricultura familiar, para as mãos que alimentam a nação”.

Participaram do evento dirigentes de organizações produtivas e de movimentos sociais de diferentes regiões do estado e foi transmitido pelo canal SDRBahia,  no YouTube.