Política

mundo

Marconi propõe criação do Plano Emergencial para recuperação da economia de Paulo Afonso

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na manhã desta quarta-feira, 07, o vereador Marconi Daniel, durante sessão remota da Câmara de Vereadores de Paulo Afonso, conseguiu, por unanimidade, a aprovação de uma indicação de sua autoria para o Executivo, sugerindo a criação de um projeto que estabelece um Plano Emergencial para recuperação da economia do município.

 

“As medidas restritivas impostas pelos decretos resultaram em uma série de danos financeiros e incalculáveis ao nosso município. Com esse abalo causado na economia local, faz-se necessário a criação de medidas para amenizar ou sanar os problemas causados pela pandemia. Essa pauta merece uma atenção de todos para que possamos mudar o atual cenário econômico da cidade”, destacou.

 

Uma das medidas propostas pelo parlamentar na indicação é a prorrogação ou isenção dos pagamentos de Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF), Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) e Imposto Sobre Serviço (ISS) dos principais segmentos comerciais do nosso município, dentre eles, Bares, Restaurantes, Academias, Disk Bebidas e Similares; Rede Hoteleira, incluindo Pousadas e Hostel; Comércio Varejista e Similares; Pontos de Moto Táxi e Similares.

 

“É importante também a implantação de algum mecanismo para que a prefeitura dê prioridade de fazer suas compras no comércio local, e incentive a população a fazer o mesmo, pois quando se compra de uma empresa do município, parte do imposto arrecadado fica para a cidade, além disso, os empresários podem manter a empresa funcionando sem precisar efetuar demissões ou reduzir parte do salário dos colaboradores”, disse Marconi.