Expectativa de vida do brasileiro sobe para 75,5 anos após queda na pandemia de Covid-19, aponta IBGE

  • 30 de novembro de 2023
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Após registrar queda durante a pandemia de Covid-19, a expectativa de vida do brasileiro ao nascer voltou a subir e chegou a 75,5 anos em 2022, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar da alta, a expectativa está abaixo das projeções iniciais. Antes da pandemia, em 2019, a expectativa de vida era de 76,2 anos. Em 2020, início da pandemia, caiu para 74,8 anos e, no ano seguinte, sofreu mais uma queda, ficando em 72,8 anos. Com o fim da crise sanitária, subiu para o patamar atual.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (29), após o IBGE refazer todos os cálculos das chamadas “Tábuas de Mortalidade”. Os números atuais são inferiores às projeções iniciais que haviam sido feitas com base no Censo Demográfico de 2010.

Projeção por gênero

Os dados divulgados mostram ainda que, apesar da queda na expectativa de vida média, a diferença entre as projeções para homens e mulheres cresceu.

Em 2021, a esperança de vida ao nascer para os homens era de 73,6 anos. Em 2022, a expectativa ficou em 72 anos. Para as mulheres, a previsão de vida era de 80,5 anos em 2021, e caiu para 79 anos em 2022.